I need you



Acho que ainda estou de pé por sua causa, acho que ainda a águas contidas em meus olhos pelo fato de você não saber o real valor delas. Eu preciso de você como os meus pulmões de ar, apressão que sinto por não poder olhar em teus olhos e dizer - te amo - acho que eu corpo está em êxtase de tanto perceber que talvez essa luta seja em vão. Onde fica a garota forte e destemida? Sumiu.
O amor para muitos é uma palavra a qual o significado seja fútil, mas é por que nunca sentiu a intensidade de um verdadeiro amor, no qual toma conta do seu corpo, alma e mente, na qual ao ver quem te arranca suspiros a mão soa, a garganta dá um nó, mas pra que descrever o amor, se o meu por ti é inexplicável, os pensamentos se vão e me pego entro o coração e a razão, razão de que nem ao menos o meu nome sabes, de que talvez nunca me olhe como te olho e o coração de que luta para iludir a razão dizendo que o amor vence todos os obstáculos mesmo que eles pareçam impossiveis. O amor tem dessas coisas, nos deixar confusos e nos fazer questionar, o por que de amar alguém assim, e pra quem você nunca dirigiu a palavra, a pergunta é - mais por que logo você? - Eu não, sinceramente não sei, só sei que te olho de uma maneira que a meses atrás nunca imaginaria, talvez por te observar tanto tempo e zombar do teu jeito rustico, rockeiro e carpe diem de ser, fez eu me apaixonar, me dar a liberdade de olhar o teu jeito, voz, manias, gestos, gostos. Eu to fixada em você, de algum jeito, me peguei escrevendo teu nome e em vez de corações românticos, um monte de simbolos do infinito.
Então se algum dia por ventura eu te dizer o que sinto, não me diga um não, apenas diga que tudo não passou de ilusão, da minha maneira de encontrar em você o meu ponto de paz, de apoio que a tanto tempo procuro em alguém, pra me reerguer das cinzas, como uma fênix. Mas se for um sim, apenas me beije, se eu chorar, apenas finja que nada esta acontecendo. Eu preciso de você pra erguer minha fase e secar as lágrimas aqui contidas. Eu preciso de você pra deixar de ser aquela menininha que pensa que príncipes existem. Eu preciso de você, talvez pra acordar desse sonho e ver que a realidade não é bem assim.





0 comentários :