Sorry



Desculpe por não ser exatamente como a sociedade quer que eu seja, eu penso e ajo de acordo de como me sinto, de como sou, não sou robô para agir de acordo com a lei mas contraditória que aprendi a conviver, mas, sorry não sou assim. Sou como sou e não estou nem um pouco com vontade de mudar. Talvez meus postes sejam insistentes neste assunto, mas fazer o que? Vivo em constante conflito comigo mesmo, pós a vida em sociedade me transformou assim.
Não julgue, não tenha preconceito, não seja racista, seja sincero ... Sim eu sei, a uma grande minoria que tenta mudar o que vemos hoje, julgar ninguém escapa, até você mesmo, eu mesma! Se se veste de uma maneira, usa o cabelo de outra, a maquiagem é de uma forma diferente, você já olha para aquela pessoa que outros olhos, mesmo dizendo a si que não julga ninguém! Preconceito, quantos homossexuais são agredidos e mortos? Racismo, bom eu por ser nordestina, vejo milhares e milhares sendo destratados todos os dias no sul do país, como se nos não fossemos seres humanos iguais a eles, são assuntos os quais se tem mudo que pensar, ser sincero? Bom se você é hoje em dia as pessoas te julgam como chato entre outras coisas, isso me dá "nojo" e vontade de rir horas, caramba como você sociedade se acomodou tanto com a hipocrisia, corrupção e por que só eu estaria aqui falando desse assunto? Talvez seja por que eu sou uma brasileira como poucos que se incomodam e acordaram pra realidade, então, mesmo me chamando de chata, irei dizer na cara doa a quem doer, o engraçado de tudo é que quando alguém é honesto, passa nos noticiários como se fosse outra coisa do mundo, extraordinária, é sociedade esses foram princípios básicos que você nos disse que deveria ser, mas como o velho ditado diz "faça o que eu falo e não o que eu faço" compreendeu? Não aprendemos assim, quer dizer, alguns não aprenderam assim. Então como somos como queremos ser, agimos e expomos o que pensamos sem medo do que você irá dizer, somos rebeldes.
Sorry, apenas sou a garota que cresceu com os princípios que você queria que eu tivesse, com a ética que você ensinou "seja você, mas sem ofender aos outros" lembra? Desculpa apenas ajo da sua maneira, mas aos teus olhos sou rebelde, estranha, revoltada, seja qual for o adjetivo para mim, saiba que não sou a única!


CARPE DIEM

0 comentários :