Ponto de partida


     O tempo vai passando, anos, meses, semanas, dias, horas, segundos, décimos e por mais que o seu subconsciente diga pro seu celebro que você esqueceu, cedo ou mais tarde estará de volta ao seu presente, em seus pensamentos. 1 ano e 2 meses este é o tempo exato.
    Voltei ao ponto de partida do dia que o meu coração quis que o sentimento começasse a crescer, no principio, ótimo, com o tempo, o pior! E nesses 1 ano e 2 meses você estava adormecido em meus pensamentos eloquentes e obsoleto. E num piscar, numa frase tudo voltou, a agonia por você, seu jeito, seu sorriso, seu cheiro, enfim você! E por mais que eu lute as minhas glândulas em meus olhos luta ao contrário para derramar aquilo que sei que para você não faz a mínima diferença, não que essas lágrimas sejam o meu coração pedindo por você, nem ele quer, muito menos eu, mas é a dor das lembranças dos momentos bons que se passam num simples estalar de dedos.
    Quero que volte a ficar obsoleto, te adormecer, te esquecer, te arrancar das entranhas do meu psicológico pois não preciso me martirizar, apenas esqueci de transformar este ponto de partida, em algo que tanto preciso, e ele acabou de virar um ponto final.

0 comentários :