#Retrospectiva - Chiola

  Antes que me matem e como prometido, aqui vai o post sobre Chiola! Para quem não sabe, e se chiola tiver algum significado absurdo, saiba que me reviro a uma Van, sim, uma van, conhecida como Chiola ou mais ainda como "chegou, chegou, a van do amor, vem que tem... Deixemos esta parte em off! Mas vamos a sua retrospectiva de 2012.
  Precisava de uma condução segura para ir a faculdade e depois de um dia de ligações, es que me aparece, meu futuro querido motorista, logo no primeiro dia ao entrar, es que surge a frase: "Não ligue, o povo aqui não é normal e é da bagaceira, só faz barulho", primeiro semestre foi até comportado, alguns não se falavam, e outros eram apenas "boa noite" tudo na santa paz, acho que Kaio só começou a falar comigo por causa de Valeska mas tudo bem, ele ira dizer que não, mais foi! Veio as férias e eu jurando que ia ser tudo normal, como antes, me enganei e pra melhor, num belo dia entra uma garota na van sabe? Tipo, ela me odiava, e eu me afastava, por que se ela me odiava eu não tinha por que ficar perto, parabéns Bárbara, hoje, você é minha melhor amiga, sabe como é, chiola tem destas coisas, aproximar as pessoas! As novatas? Colegas de gozação sem igual! A galega do bonzão até hoje chega 20 minutos atrasada na van (mentira, 10 minutos, por que Bárbara liga e mente pra ver se ela corre!) por que fica namorando, mas meu humilde motorista descobriu que é pra namorar e vai dar um jeito nisso, ou não em!
  Atenção pastores e todas as pessoas que tem reza forte, por favor, vir rezar, benzer fazer todas as proteções possíveis, pois toda sexta (faz 3 sextas que não quebra isto é um milagre!) nossa querida chiola quebra, é impressionante, desculpa pessoas do meio, mas devidos a acontecimentos, não citarei tal pessoa justificada a ser a tal maldição para a van quebrar, mas contarei a pior da piores vezes que ela quebrou, era uma sexta (como sempre) e lá estava nós no meio João Barreto, no lugar mais esquisito possível e do nada, querida chiola se desligou, nossa reação? Flávio tenta concerta! Minutos se passa e nada, então es que pediu ajuda a um outro motorista que gentilmente nos "deu" sua van para que terminasse a rota, e levou num sacrifício danado a nossa van quebrada, só foi entrar, virar a esquina que, adivinhem, a van do rapaz quebrou do mesmo jeito, neste dia tive convicção que o problema é meu motorista e não chiola, depois de minutos trancados e rezando a cada moto que passava, morrendo de medo de qualquer coisa, Seu Flávio, pai de Flávio, nos socorreu, mas ele foi dirigindo, acho que por isto chegamos em casa! Sem contar ela se quebrando, tem o grito de horror de uma mulher que até hoje não sabemos o que foi, mas sabemos que toda vez que chegamos lá nos lembramos do grito, ou do dia que lá onde o alto do moura perdeu as botas, não tinha ninguém e do nada apareceu um cara com pedras na mão e com a voz mais suave do mundo disse: Não vou fazer nada com você! Sim, o acelerador foi fundo naquele dia e nem os buracos impediu a rapidez.
 Bom, todos nos sabemos a história que temos dentro da van, afinal todos viraram grandes amigos assim por se dizer, mesmo com os vícios de linguagem: "Eita porra doido", "agora vi vantagem" "num gostei, num quero, num vou mais", "num deixo", "agora a burra deitou" "eita ... do burro" ou simplesmente "garrotinha", aprendemos a suportar cada um, Thiago com as suas conversas sem fim, Kaio com suas entradas sem noção, Iris fazendo chover, bom esta parte eu tenho que explicar, pois comprovadamente por Iraneide e Jafra, as loiras não entendem quando nos dizemos que ta chovendo na van, num belo dia, nossa romântica Iris foi entrar na van e es que ela escorregou, num sei, só sei que ela caiu, então es que surgiu a frase (não direi de quem, vai que a namorada bate nele, vai saber!) "tá chovendo mulher" o fato é que nosso querido motorista nunca para num lugar muito acessível, continuando, Iraneide com o seu namoro, fazendo todos chegarem atrasados em sua casa, Juceli com suas palavras de alto nível, Synara que guardava lugar para sua best, e agora não mais, Bruno sempre chamando Carla de baixo astral, não ira mais e claro nosso motorista bipolar que uma hora esta serio como no mesmo segundo dando risadas escandalosas e macabras ¬¬ sim, ele não é normal, até por que ele tem crises de cólica! (sem detalhes!)


                            Nem todos estão na foto por "n" motivos, mas ela reflete o nosso bom humor


  O que importa é que cada momento, mesmo que absurdo ou normal, marcou a nossa vida, aqueles que saíram com total certeza iram fazer falta e aos que continua só resta uma certeza, ainda tempos muitos períodos para brincar, se divertir e afins! Lembrando que Flávio não gosta de surpresas, como a que fizemos na foto, então pessoal da próxima ... "Flávio iremos te fazer uma surpresa então fique sabendo" por que se não a burra deita! Enfim, obrigada a todos por este ano de 2012, mesmo que cansativo por trabalho, faculdade, sempre na volta caimos na gargalhada, e que em 2013 seu Flávinho não mude "truuuuudo" e viva Chiola *-* Afinal ... Balança os peitinhos (só a gente entende!)


Ps: Resumi demais, por que se não ia passar o dia escrevendo aqui!

1 comentários :

Bárbara disse...

Chiolinha do meu coração *---*

se fosse pra contar todas as histórias qe tem essa van. daria um livro. kkkkk' Lembrei do dia da velha na pista. Flavio grita dentro da van: as mulheres qe já levaram a vela na frente agr vao levar a vela atras... a mulher vai passando e olha pra ele e diz: essa peste é doida! O.o
Reação ? TODOS Caem na risada! kkkkk' Tanta coisa boa, tanto coisa tensa. mas enfiim... sem duvidas é a melhor Van para se ir a uma faculdade! #viva Chiola õ/