O tempo é a chave.


     O tempo até agora em minha vida é visto como pouco, para muitos, para que eu, seja desta forma, mas que forma? Maluca, indiferente, Chata? Ou seria apenas por que soube amadurecer e compreender que o remédio para a real felicidade, não é, ir atrás dela, mas sim, ser quem você realmente é, sem dar a menor importância para o que a sociedade vai falar e pensar.
     A chatice se mostra para alguns em momentos em que falo o que penso, "jogo" a verdade, mas a hipocrisia já se encontra pré-instalada e a minha sinceridade se transforma aos ouvidos destes em ignorância e chatice, mas ainda acho que o maior ignorante é aquele que chama outro disto, confundindo arrogância e sinceridade com tal (ou não confunda, simplesmente não sabe seu real significado). O tempo me mostrou e ensinou que conhecemos alguém por seu olhar, é o velho clichê: Um olhar fala mais que mil palavras ( ou seja lá qual for a frase). Sorrisos em meio a olhares apáticos, atitudes boas diante de um olhar sombrio, mas estas coisas só o tempo trás para si, as vezes acho ironia, ter descoberto coisas tão rapidamente, coisas que em minha idade poucos percebem, dão valor ou querem enxergar. Para ser honesta, não arrependo-me de nenhum momento ruim que passei em minha adolescência, afinal foram eles que com o passar do tempo, fizeram-me ser quem sou hoje, sem medo de expor minha criticidade, de ser apenas, eu mesma! Sem me importar com os esterótipos que a sociedade impõem e que não tem o minimo medo de expor sua religião, a antiga religião, o Wicca.
      Sou a bruxa sem medos, a qual confia na magia e se encontra em tal, sou apenas a garota que acha ser chato ser "normal" que deixa o tempo curar e ensinar, que acredita que tudo que desejamos acontece basta querer, sou aquela que prefere ser chamada de chata quando falar o que pensa e suas verdades, do que boazinha e ser hipócrita e concordar com tudo que a sociedade quer, desculpe mas o tempo foi a chave para me ensinar a não ter uma mente alienada.

0 comentários :