Desabafo (ou não!): Compulsão por leitura!


     Muitos só de ouvir a palavra "ler" fazem uma cara de repulsa, o que infelizmente no Brasil é "normal" o hábito de não ler! Mas, vai de incentivo, aos meus 7 quase 8 anos de idade tive a minha primeira grande leitura por assim dizer; " O Meu Pé De Laranja Lima - José Mauro de Vasconcelos". Como o próprio autor diz em seu livro: " História de um meninozinho que um dia descobriu a dor..." Para um criança que era na época me encantei e jamais esqueci daquele livro que depois de anos, fui atrás e consegui comprar.
    Tudo começou por este livro, a curiosidade, o interesse, o incentivo! Sempre em bibliotecas (quando minha querida cidade tinha uma pública de dignidade!) à uns 4 anos decidi fazer a minha biblioteca pessoal que para minha tristeza só conta com 75 livros (ainda). O ensino médio me fez fazer uma parada obrigatória no mundo mágico da leitura, mas ao ingressar na faculdade voltei a minha querida rotina, ler ao acordar e antes de dormir. A coisa ficou séria, e em menos de 3 semanas comprei 6 livros, dois só nesta semana (ver foto) dai você diria que loucura, pra colocar na estante e nem ler? Ai vem meu desabafo feliz, já li 4 e hoje termino o 5º, então novamente você iria dizer, mais assim você não entendeu nada, leve engano! O hábito de ler, te faz, com o tempo, ter um vocabulário aguçado e "grandioso", ler facilmente sem se enrolar com as palavras, te faz compreender e gravar em sua mente tudo aquilo que você leu, mas isso, só com o tempo. Para ser sincera, quem nunca se interessou pela leitura não sabe o que está perdendo. É mais que pegar um livro e abrir uma página, é abrir a mente para cada palavra lida e viajar na história que o autor ali tenta lhe transmitir. Nunca fui fã da saga Crepúsculo, (desculpa aos fãs!), não sei o motivo, Augusto Cury nunca me cativou, mas tem meu respeito pois sempre vi meninas suspirarem com seus livros, e elas sempre me chamarem de louca por não apreciar o jeito de conduzir o leitor dele!
    Meu gosto de leitura é eclético, vai desde as literaturas "pesadas" de Tomás Antônio Gonzaga, Visconde de Taunay, Machado de Assis e como não esquecer dela, Clarice Lispector entre outros grandes escritores do pré/pós modernismo, parnasianismo enfim ... Tenho minhas queridas sagas também, como: " Diários do Vampiro - L. J. Smith, Fallen - Lauren Kate" Entre outros. E por ser Pedagoga (olha o clichê!) não poderia esquecer Paulo Freire! Como qualquer viciada em leitura, tenho a minha autora predileta. Meg Cabot que me apaixonei deliberadamente por sua literatura, a sua recente saga - Insaciável que já lançou este ano a sua continuação - Mordida, que para a minha aflição, termino de ler hoje (foram 3 dias de leitura!) simplesmente ela me tira o fôlego! Meg sou sua fã declarada!
 
           " Lucien não falou palavra alguma. Apenas olhou para ela. Assustada, Meena observo-o tremer e perguntou-se o que ele tanto desejava fazer ou dizer. Ou se ela precisaria correr atrás do celular, que havia deixado na sala.
       Mas antes que tivesse oportunidade, ele levou a boca até a dela, fazendo com que ela sentisse o que não sentia desde... bem, desde a última ver em que ele a tivera nos braços daquela forma.
     Não podia durar, é claro.
    Um segundo depois ele interrompeu o beijo e se lançou a metros de distância. Estava em um canto escuro do quarto, olhando para ela das sombras com os olhos vermelhos...
     O mesmo tom de vermelho que adquiriam quando ele estava em seu momento mais furioso.
     Ou com fome.
      Ai Deus. " ( trecho do livro Mordida - Meg Cabot)

  
  Claro, eu que à tenho como favorita, mas a indico como incentivo a leitura, para marinheiros de primeira viajem! Uma dica de leitura que na minha modéstia opinião é apaixonante, viciante, encantador entre outros adjetivos é o livro - O mundo de Sofia, do escritor, Jostein Gaarder! Boa leitura!



1 comentários :