#Retrospectiva - 2012


   Este post deveria ter sido postado a umas semanas atras, mas tudo bem, só tive condições mentais agora (calma tá?) enfim dezembro! Já passou o 12.12.12 as 12:12:12h mas como sempre enfim! Foi um ano rápido, mas ao mesmo tempo cheio de mudanças e complicações e tudo misturado com coisas boas e particularmente coisas que me ensinaram muito.
 Faculdade, 2 períodos sem ir para recuperação, suportar a chatice do estágio, conhecer pessoas maravilhosas, se esforçar ao máximo para dar o melhor de mim em seminários e acima de tudo aprendi, mais do que tudo este ano, o quão uma amizade verdadeira pode fazer você tomar decisões e defender com unhas e dentes seus amigos, ai também me lembro o quanto vi que as pessoas podem ser cínicas, hipócritas, sem palavras para elas, pois só merecem o silêncio! Dezembro é assim, o mês de festas e ao mesmo tempo reflexões, de desespero, de agonias, de felicidades sem fins, digo isso pois muitos estão se formando, outros se matando de estudar pois ficou na recuperação enquanto muitos estão curtindo as férias, desespero para quem está para ser reprovado, é o mês de refletir tudo que fez durante o ano, de analisar o que deveria e não ter feito e sabe? Eu não me arrependo de nada este ano, apensar de tudo e todos, ele foi maravilhoso só quem passou, pelo menos a metade dele ao meu lado pode compreender o que estou dizendo. A Retrospectiva sobre chiola? Cara, virou até livro e motivo de muitas risadas e lembranças de varias "histórias" sobre tal durante a semana, são momentos assim que valem cada desespero e agonia que se teve o ano todo, são momentos com pessoas especiais que fazem tudo ficar melhor. São descobertas, palavras que me fizeram crescer, foi o apoio e perdas que me fizeram escolher os caminhos certos a percorrer, me arrepender de algo? Jamais, faria tudo do mesmo jeito sem tirar, nem por!
  Se 2013 será melhor? Bom, só vivendo-o para saber, sem promessas, sem ilusões, apenas viver cada dia como se fosse o ultimo (clichê) e as amizades? Vou continuar defendendo com unhas e dentes, afinal, somos como irmãos!

1 comentários :