Um puxa o outro!


  Olá meus manolos! Sim, eu sei, sumi, evaporei, sem tempo? Não! Apenas sem motivação, sem coragem de escrever, sim, eu sei, é um disparate a minha querida e amada paixão de escrever, mas aconteceu, então tomei vergonha na cara e aqui estou! Aproposito, feliz Natal a todos que usaram ler este texto, escrito numa "linda" noite de Natal!
  Meu Natal foi ótimo, ao lado da família, como se costuma ser em vários lares por ai, ri, brinquei, sim, o fato de ter 19 anos não me tira o direito de brincar, sou uma eterna criança e se você não quer ser um ranzinza, favor trate de ser um pouco criança na medida certa, as vezes! Mas, enfim, como ia dizendo o Natal foi ótimo e espero que o de vocês também. Vamos ao meu auto puxão de orelha, fiquei mau comigo, pelo fato de que montava o texto mentalmente, sentava abria a pagina do blog e? Simplesmente desligava! Por que eu não me sentia nenhum pouco a vontade de escrever, e refletindo sobre o que vivo dizendo que "escrever é a minha essência" percebo que alguns acontecimentos acarretaram este repentino sumiço. Nos últimos dias passei a acreditar que pessoas mau caráter, cínicas, hipócritas, e outros adjetivos referentes aos defeitos de personalidade existem numa mesma pessoa e que elas são capazes de tudo! Aprendi que eu amo a faculdade mais do que os meus anos de colégio, e que eles não significam nada perto das minhas lindas notas em tal (gente calma!), compreendi que amizades verdadeiras vão além de se chamar amigas, vai na proporção de que se mexeu com uma, mexeu com a outra e vise-versa, vi que meu querido projeto verão 2015 foi prejudicado com o Natal, mas não desisti, jamais irei, saúde em primeiro lugar! Aprendi que aquele sentimento que compartilhei com vocês sobre o amor, era apenas uma fase, e vi juntamente a outras que, Jesus Maria José, me deixe namorando com os livros e casar com os estudos ( por enquanto) pois choro, só consolando e aconselhando meus amigos que brigam e terminam com seus amores! Sim, eu sei, sou um canceriana totalmente estranha e contraditória ao horoscopo, e que o ano que vem, vai ser chato por alguns feriados que caíram nos fins de semana, que não desisti do meu livro e que vou retomar a sua escrita a partir de amanhã e que os assuntos por assim dizer, um puxa o outro!
  Viver e ser feliz como se não houve o amanhã ainda é meu lema, mas com responsabilidade claro, ainda meio sem coragem, infelizmente ainda, mas vou dar um jeito nisso! Enfim, apenas espero e vou fazer o máximo para que 2013 seja o ano, maravilhoso, muito mais alegre do que este, e ao contrario de muitos, o 13 é meu número de sorte! Boas festas, alegria e choros, afinal mesmo nesta época as crises existenciais de cada um não some, a minha está aqui, mas eu to convencendo-a à ir embora, apenas enfim!



2 comentários :