Pergunto-me se tudo vai de encontro ao que não pode, se por mais que se proteja sempre haverá momentos em meio aquilo que você mais teme, acaba por ocorrer, pergunto-me se deveras ser correto sentir-se tão errada por pensar e querer algo que um dia tentei não querer, mas os caminhos por mais diferentes e difíceis me levaram novamente a isto. Além do mais, não há escapatória quando realmente é para ser, estou perdida em meios a pensamentos que um dia exitei em pensar, mas agora, me vejo encurralada entre ir atrás ou fingir não querer, e entre as duas, estou escolhendo a terceira. Tomei para si algo que não queria, escutei o que só me fez pensar mais ainda em quem não cabe meus pensamentos, meus desejos e planos. Tentarei entender a essência disto tudo, mas para quê tentar se ao termino, saberei o que sempre temi, irá depender tão somente de mim.

1 comentários :